ACONTECENDO – As preocupações de José, o Anchieta

O governador José Anchieta Júnior tem algo a mais com que se preocupar nesse segundo turno da eleição, pois além de ter iniciado com um programa sem motivação alguma, sem impacto algum, no horário eleitoral , agora terá que se defender de um possível impeachment que os deputados vão analisar.

Se não bastasse perder uma das mais fortes aliada que ainda lhe dava a manutenção do falso discurso de que ele era, sim, a continuidade natural de Ottomar Pinto, Anchieta agora terá que se defender das graves acusações que sofre por parte do senador Mozarildo Cavalcanti.

O tempo tem se fechado no palácio senador Hélio Campos. Anchieta se depara agora com um Neudo Campos mais fortalecido tendo como coordenador de campanha eleitoral um Mecias de Jesus, campeão de votos que elegeu o filho, até então desconhecido do eleitor, num processo eleitoral que sofreu perseguições e ameaças de morte.

A entrada de Mecias mexeu, sim, com o humor de Anchieta. Pior tem ficado a sensibilidade do governador quando constata que seus ‘amigos’ leais e ‘aliados’ lhe abandonam.

Vejamos que se concretiza o que foi dito por aqui, de que Anchieta seria abandonado por aqueles que mais venerou – o seu grande líder político, senador Romero Jucá apenas se afasta dos holofotes do governo como lhe é natural após ter conquistado o que queria, ser reeleito. Junto com Jucá a mais votada para deputada federal também segue o mesmo caminho, Teresa eleita já não se sente com o mesmo compromisso que tinha com o governador.

Ou seja, o combinado que Anchieta não entendeu, pobre tolinho, é que tinha apoio dos Jucá quando do primeiro turno. Segundo turno não estava no programa de Romero, Teresa, Rodrigo Jucá e outros aliados governistas que deixaram de ser Anchieta como Urzeni Rocha, Marluce, Evandro Moreira.

IMPEACHMENT

Agora, o senador Mozarildo Cavalcanti aperta o cerco, leva aos deputados uma denúncia e quer o impeachment do governador Anchieta Júnior por irregularidades na gestão do governo.

O presidente da Assembleia legislativa, Mecias de Jesus recebeu o material e vai apresentar a Casa.

Como diz o caboco – agora é à hora da onça beber água. Lembremos que tudo que sobe, desce. E que após o temporal vem a abonança. Assim, depois de tudo que tem feito de errado, de sujo na campanha eleitoral, abusando do poder e desrespeitando as leis, Anchieta Júnior está nas mãos daquele que tanto perseguiu deslealmente.

Mecias de Jesus afirma que não existe rancor, e nada de pessoal que sofreu por parte do governador possa interferir em sua decisão de aceitar o pedido de impeachment contra Anchieta Júnior.

É bom que se lembre que Mecias tem junto com os demais deputados a responsabilidades de antes de tudo com a sociedade. O histórico político do presidente da Assembleia fala por si, pois é um homem público com mais de 20 anos de vida dedicada ao povo, tenho sido reeleito porque tem uma vida de trabalho, de respeito por cada cidadão de Roraima.

Com tudo isso acontecendo é natural que Anchieta, ainda por cima estando atrás das pesquisas, não tenha nenhuma tranqüilidade, e aquele sorriso amarelado de felicidade que veio após ter conseguido se safar do processo de cassação do STF – Supremo Tribunal Federal – já acabou há muito tempo.

O que temos agora é aquele Anchieta que todos conhecem, um homem inseguro e mais do que nunca temeroso pelo o seu futuro, onde a cadeia tem uma porta aberta para ele.

por marlen lima

ANN

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s