Guitarrista do Rage Against the Machine declara apoio a Dilma Rousseff

Da Folha.com

Guitarrista da banda de rock Rage Against the Machine, Tom Morello vestiu a camisa petista e declarou, pelo Twitter, apoio a Dilma Rousseff, “candidata dos pobres, da classe trabalhadora e da juventude”.

Antes, em show no SWU, festival de rock que aconteceu no final de semana em Itu (SP), ele vestiu boné do MST (Movimento dos Sem Terra) e falou bem do movimento.

A exibição do show na TV foi cortada na hora, e o episódio acabou sendo o doce do dia para a militância virtual.

No mês passado, o MST –que divulga hoje apoio a Dilma– participou de ato público contra o que considera “golpe midiático” nas eleições.

Sobre ser tirado do ar, Morello comentou no Twitter: “Entendo que o canal cortou a transmissão quando pus o boné do PST [sic]. Isso significa que estamos vencendo”. Mais tarde, corrigiu-se: “Claro que é MST, não PST”.

Formado em ciência política pela Harvard, Morello é um camarada chegado a causas da esquerda. É crítico de Guantánamo e defende o direito dos imigrantes, duas posições não lá muito populares nos Estados Unidos, e costuma dizer por aí que a temporada de George W. Bush na Casa Branca foi uma das piores catástrofes da história política americana.

Em entrevista à Folha, o músico e ativista explicou o jeito Rage Against the Machine de ser: “Sempre fomos uma banda que lutou contra certas autoridades, seja qual for o papel anterior ou atual do governo”.

 

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s