Entrevista com o Cordelista Rodrigo Oliveira

Créditos: J.nobre

Rodrigo Leonardo costa de oliveira ou Rodrigo de Oliveira como prefere ser chamado é pernambucano de Vitória de Santo Antão, começou a escrever cordéis em 2008 com temas relacionados à Amazônia. É botânico e professor do Curso de Ciências Biológicas da Universidade Estadual de Roraima.

ENTREVISTA

(Blog Cruviana Press) Onde busca inspiração para escrever sobre Roraima?

O primeiro contato com a cultura roraimense já me conquistou, – O Trio Roraimeira, escutava todas as músicas, frequentava shows… E depois a cultura e o cotidiano roraimense, como as poesias de Nenê Macaggi, Dorval de Magalhães, o Makunaima, o futebol roraimense, e também a grande diversidade cultural amazônica, a história, as lendas, a música e etc.

Rodrigo Leonardo costa de oliveira ou Rodrigo de Oliveira como prefere ser chamado é pernambucano de Vitória de Santo Antão, começou a escrever cordéis em 2008 com temas relacionados à Amazônia. É botânico e professor do Curso de Ciências Biológicas da Universidade Estadual de Roraima.

(Blog Cruviana Press) Quais os principais autores de cordel que lhe influenciou?

O grande Leandro Gomes de Barros, Patativa do Assaré, José Costa Leite, Rafael de Oliveira, Seu Pirrito e muitos outros…

(Blog Cruviana Press) No seu ponto de vista como está a literatura em Roraima? Perspectiva

Acredito que estamos no caminho certo, porém precisamos de mais apoio. Todos gostam da cultura em geral, mas sem investimento não dá. As pessoas hoje fazem pelo o amor à cultura, mas com o devido incentivo fariam ainda mais pelo desenvolvimento humano.

Créditos: J.Nobre

 

(Blog Cruviana Press) A quanto tempo reside no Estado de Roraima? Por que veio morar em Roraima?

Cheguei a Roraima em 2006, e como bom nordestino, eu vim procurar um novo lugar para residir e realizar sonhos, e foi neste mesmo ano que fui aprovado no concurso da recém-criada Universidade Estadual de Roraima, e fiquei.

(Blog Cruviana Press) Como foi o seu princípio na literatura de cordéis?

O cordel sempre esteve em minha vida em Pernambuco, como também as demais manifestações artísticas e culturais dessa terra. Mas foi em 2008, com uma visita de meu irmão gêmeo Rafael de Oliveira (que é cordelista) a Roraima que dei os primeiros passos nas métricas e redondilhas do cordel. Foi meu professor de cordel, além de meu avô que é poeta popular e contador de histórias da cidade da Glória do Goitá em Pernambuco.

Alguns Títulos do autor

 

(Blog Cruviana Press) Onde busca inspiração para escrever sobre Roraima?

O primeiro contato com a cultura roraimense já me conquistou, – O Trio Roraimeira, escutava todas as músicas, frequentava shows… E depois a cultura e o cotidiano roraimense, como as poesias de Nenê Macaggi, Dorval de Magalhães, o Makunaima, o futebol roraimense, e também a grande diversidade cultural amazônica, a história, as lendas, a música e etc.

Quais os principais autores de cordel que lhe influenciou?

O grande Leandro Gomes de Barros, Patativa do Assaré, José Costa Leite, Rafael de Oliveira, Seu Pirrito e muitos outros… 

Créditos: J.Nobre

 

Perspectiva

(Blog Cruviana Press) No seu ponto de vista como está a literatura em Roraima?

Acredito que estamos no caminho certo, porém precisamos de mais apoio. Todos gostam da cultura em geral, mas sem investimento não dá. As pessoas hoje fazem pelo o amor à cultura, mas com o devido incentivo fariam ainda mais pelo desenvolvimento humano.

(Blog Cruviana Press) Música preferida?

No momento “Ajuri”, do grupo Raízes Caboclas do Amazonas e “Do Norte” na voz do trio Roraimeira.

(Blog Cruviana Press) Um lugar em Roraima?

O lago Caracaranã, estava escrevendo “O Código Macunaíma…” e serviu de inspiração.

(Blog Cruviana Press) O que há de melhor em Roraima?

Os amigos que fiz.

Créditos: J.Nobre

O cordelista não comercializa seus cordéis mais distribui para alguns comerciantes venderem e obterem o lucro, a maior parte da tiragem de rodrigo  disponibilzado para amigos causando um efeito de divulgação espontânea.

Contato: (95) 8113 -9273

Cordéis (disponíveis em: http://recantodasletras.uol.com.br/autor_textos.php?id=47182 ):

Estamos sorteando alguns exmplares para concorrer ao sorteio basta ler as informações neste link:

http://wp.me/pyTvv-cC

7 comentários em “Entrevista com o Cordelista Rodrigo Oliveira

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s