Ruiz encaminhará indicação para criação do curso de medicina na UERR

O deputado Joaquim Ruiz (PV) usou a tribuna durante sessão ordinária na Assembleia Legislativa de Roraima (ALE-RR), na manhã desta terça-feira (02), para falar sobre a situação dos pescadores do sul do estado e uma indicação que encaminhará ao Executivo Estadual esta semana que trata da criação do curso de Medicina na Universidade Estadual de Roraima (UERR).

Em relação aos moradores do sul do estado, Ruiz disse que visitou a região neste final de semana e ficou preocupado com as dificuldades enfrentadas pelos mesmos. Ele contou que enquanto o Ministério da Pesca incentiva a atuação dos pescadores de pequeno porte, o Instituto Chico Mendes dificulta as atividades, uma vez que os pescadores não podem pescar no rio mais importante da região, o rio Anauá, a não ser no centro do seu leito.

“Isso porque as duas margens do rio são áreas de preservação ambiental e os pescadores têm autorização apenas para pescar no centro do rio, o que torna a ação inviável e arriscada, uma vez que qualquer infração pode ser severamente punida pelo órgão fiscalizador.

Na verdade os pescadores tiveram liberação para pescar na região do Baruana, mas para se chegar ao local, são necessários 60 litros de gasolina, que no sul do estado custa R$ 2,99 cada litro, o que torna a atividade inviável economicamente”, enfatizou Ruiz.

O parlamentar concluiu o assunto destacando que o Governo Federal tem inviabilizado o crescimento de Roraima e esta situação vivida pelos pescadores do sul do estado, é apenas um exemplo de tantos que Roraima tem enfrentando ao longo dos anos.

Medicina

Ao falar da criação do curso de Medicina na UERR, Ruiz lembrou que Roraima é um estado universitário, com uma indústria intelectual que tem gerado novas oportunidades em todos os segmentos da educação de nível superior. Para ele, é hora do Executivo Estadual rever a situação de alguns cursos que a UERR oferece e priorizar cursos de interesse público, como o curso de Medicina, que irá disponibilizar profissionais para atender a demanda atual do setor de saúde no estado.

O parlamentar explicou que conheceu o projeto do curso de Medicina na Universidade Estadual do Amazonas e ficou impressionado. “A indicação visa sugerir que alguns cursos ofertados hoje sejam extintos, como por exemplo, o curso de Comércio Exterior, que não tem mercado de trabalho nem mesmo em Manaus, entre outros que também são ofertados em outras instituições de ensino superior no estado. Com isso, a UERR terá condições de custear o curso de Medicina, que será bem mais útil à nossa sociedade”, ressalta Ruiz.

Para garantir uma concorrência justa, o deputado disse que seriam disponibilizadas 50% das vagas para estudantes do interior do estado e as provas do vestibular realizadas no mesmo dia na capital e no interior. “Além disso, os acadêmicos teriam um termo de compromisso se comprometendo em depois de formados, atuarem por pelo menos dois anos em seu município. Isso resolveria o grave problema que temos com a falta de médicos no interior”, declarou o parlamentar.

 

Via Bv News

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s